Sonhar não faz mal ...my open diary!!

Setembro 06 2008

Aqui estou eu, de volta por assim dizer...desde que comecei a trabalhar que o tempo é curto,e o que mais me apetece fazer quando chego a casa é dormir, mas hoje,resolvi tirar um tempo para mim, não só para descansar,mas para fazer as coisas que eu gosto...e por isso aqui estou... Nestes ultimos meses, muita coisa mudou na minha vida, é estranho porque aconteceu tudo de uma hora para a outra sem eu estar á espera, aquela reviravolta que eu tanto quis, deu-se, confesso ainda me estar a adaptar a isto, porque não é facil nada fácil...
De um momento para o outro vi-me a sair do papel de estudante para o papel de trabalhadora, 8h por dia, 5 dias por semana, que nunca pensei que custasse tanto, não o trabalho em si, mas o ter de acordar cedo, saber que não posso ficar nem mais 10minutinhos na cama, a responsabilidade, os deveres obrigatórios... nestas ultimas semanas muitas foram as vezes qué já me perguntei : " O resto da minha vida vai ser sempre assim ? ", cheguei á conclusão que sim e estou a adaptar-me á ideia, já custa menos sair da cama e o corpo já não me dói tanto ao final da tarde, também é bom sentir-me util, saber que estou a contribuir para a sociedade,será altura para dizer, welcome to adulhood !!
 Mas, não foi só isso que mudou...ontem por exemplo, fez dois meses que estou com ele, com esse homem que veio para mudar a minha vida... devo-lhe tanto, ele deu-me tanto...se isto acabar, se um dia acabar, posso encher a boca para dizer fui amada, fui respeitada, fui feliz...sou feliz e sou grata...grata por ter conhecido alguém como ele, que além de tudo , é meu amigo, alguém para quem eu olho e consigo ver o sentimento, alguém que se preocupa comigo, alguém que pela primeira vez eu me preocupo verdadeiramente, uma pessoa que me dá conselhos, que me puxa as orelhas e de vez em quando até ralha comigo, alguém que me conhece e mesmo assim gosta de mim, uma pessoa que só tenho a agradecer, hoje e para sempre... Graças a ele, pelos conselhos dele, pelas palavras dele, as coisas em casa também melhoraram... falou-se, resolveram-se pendências, pediram-se desculpas, rolaram lágrimas, mas finalmente chegou a paz...
 Que mais posso pedir a Deus, nada...
 Eu sabia que tinha nascido para ser feliz, e estou a sê-lo, porque o desejei, porque lutei por isso, porque nunca desisti, porque acreditei...e que assim seja até ao fim dos meus dias... !!!

publicado por the biggest dreamer às 21:11

mais sobre mim
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO