Sonhar não faz mal ...my open diary!!

Abril 15 2008

 

A banda sonora da minha vida ....

Da primeira vez que me senti fâ de um grupo, não conseguia parar de ouvir - Biquini às bolinhas amarelas dos Onda choc (haaa pois é)

Da primeira vez que mudei de país, a Tracy Chapman fazia furor com Baby can I hold you

A minha adolescência foi marcada por diversos Hits, I swear dos boys II men deixou um marco com toda a certeza, Don't wanna short dick man (apesar de na altura nao saber o significado de certas palavras) era excelente para dançar em festinhas, entre outros imensos technos que era o que mais se ouvia entretanto...

Já na mãe áfrica, não me cansava de ouvir Rabola bu caranbola do Gil Semedo, foi um grande sucesso ...

Da primeira vez que achei que amava alguém, a cassete (sim a cassete) da Dina Medina era o que mais tocava no meu walkman, rodopiava, rodopiava...tadita...

Quando sofri pela primeira vez por essa pessoa que julgava amar, libertava as minhas lágrimas com Ki Vida - Beto dias ... julgava que esse dito amor (aos 15 anos) era para durar a vida toda, daí a achar que e a letra da musica tinha tudo a ver comigo :P

Da segunda vez que me apaixonei, quem estava na berra era a Laura Pausini - Stragni Amori - ainda hoje tenho a letra desta musica escrita no meu diário, a marcar o dia em que dei o "sim" ...

Passei muito bons serões dos anos noventa a ouvir SSP, o primeiro album 99% de amor, ainda o tenho, e confesso que até hoje ainda o oiço =) nessa altura, ainda apaixonada pela segunda vez fartava-me de ouvir Tony Braxton, um excelente cd também...

Xiiii depois veio a febre Backstreet Boys... hoo yeahhh, as músicas acho que até hoje ainda as sei todas de cor, os albúns também os tenho hihihi, felizmente consegui livrar-me das revistas, dos posters e afins...e quem diz BSB diz N'SYNC , 5ive, boyzone, e acho que era tudo...

Haaa...também houve os westlife :p ...

Tempos depois deixei-me das boys band e apaixonei-me totalmente pelo Alejandro Sanz, Tiritas por este corazón partío, tirititando de frioooo...
Savage Garden também fazia parte do meu repertório na altura
Entretanto os SSP voltam a lançar outro albúm, e lá estou eu desvairada de novo a cantar : Amar sem ser amado é tão ruim... que coincidência ou não coincidiu com o fim (2 anos depois) da minha segunda paixão...

18 anos, lembro-me de ouvir Ivete Sangalo, acho que foi nessa altura em que começou a fazer furor em Portugal, digo eu, pelo menos foi só nessa altura que a conheci, a dona Britney Spears quando ainda estava sóbria fez-me dançar ao ritmo de Hit me baby one more time,a Christina Aguilera com genie in a bottle,lembra-me de uma das melhores férias que tive nos USA ... esse mesmo ano também cantava desafinadamente ao som de No Scrubs - TLC. Também me tornei fã das Destinies Child nessa altura, Bills Bills Bills, era o que mais passava na BET (black entertnaiment tv) lá pelas terras do tio sam...

Fase "yo", ouvia Eve e só Eve - Gotta man era soundtrack para qualquer ocasião...felizmente acordei para a vida ...

Acho que a partir daí fui apenas gostando deste e daquele, apeguei-me à Beyoncé e ao Justin Timberlake (uma saída das destinies e o outro dos N'Sync)...

Tenho musicas que me lembram de certos momentos tais como: Maravilla do Jamice, Nha cretcheu que apela logo ao meu "noivo" americano com nome de caníbal...Só bo amor ta completam do jonhy ramos  que nem merece referência...

Outras simplesmente gosto, pela letra, pela música, por serem intemporais - Stuck on you do lionel ritchie é uma delas, Endless love interpretada pelo Michael Bolton é outra, servem sempre... favoritas com certeza...

Acho que é esta a banda sonora da minha vida...por enquanto pelo menos

 

publicado por the biggest dreamer às 00:51

Q colectanea tao diversa. Acho que todos nos a temos.

Beijinho
david a 15 de Abril de 2008 às 23:54

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
18

20
21
22
23
25
26

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO