Sonhar não faz mal ...my open diary!!

Março 02 2007

Já há uns dias que me tenho sentido assim, farta de tudo, se fosse nas alturas da TPM até compreendia, mas não é o caso. Supostamente deveria estar bem porque a vida (externa) até nem me corre mal,mas não estou... ando irritada, sensível, e com pensamentos de fuga...cansada disto. Ando sem motivação nenhuma para ir á faculdade, faço-o porque tem mesmo que ser, cada vez que me aproximo de casa começo a pensar num meio de liquidar a minha madrasta, a presença dela na minha vida enerva-me cada vez mais, um dia destes o meu saco enche encosto o meu pai á parede e digo: " ou ela ou eu ", as coisas não iriam correr muito bem para o lado dela com certeza, que me provoque e vai ver o que será da  sua vida.
 Apetece-me fugir daqui, ir viver para uma tenda á beira mar num paraíso tropical qualquer, com um cão para me fazer companhia, beber água de coco e comer peixe todo o santo dia.Acordar com o som dos pássaros e adormecer com o barulho das ondas a beijarem a areia da praia enquanto no céu brilha uma magnifica lua cheia, sim, eu seria feliz assim...mas infelizmente, tenho que acordar todo o santo dia nesta selva de pedra, nesta caixa chamada casa, aturar gente que detesto, ouvir coisas que não gosto, fazer coisas que não quero... e mais uma vez, sentir-me infeliz...
Há tanto tempo não me sentia assim, não gosto de me sentir assim... costumo-me sentir triste, nostalgica, saudosista...mas não deste jeito. Da ultima vez que comecei com estas lamechices, como teimavam em chamar, tive uma depressão. Entrei e saí dela sozinha, já que segundo os que me rodeavam: " Não tens motivos nenhuns para ter uma depressão". Pois não, claro que não, só tive que ver os meus pais divorciarem-se quando eu tinha dezasseis anos, só tive que mudar de país umas cinco vezes e separar-me dolorosamente dos poucos amigos que conseguia fazer nessas mudanças, só tive que ver o meu pai meter-se numa relação com alguém com quem eu não me dou e ficar de boca calada, também só acabei um namoro de dois anos porque não quis fazer sexo com ele.Claro que quando se está na adolescência, essas coisas não afectam nem nada... TOLOS...
Obvio que quando me consegui erguer dela pelos meus próprios pés e descrevi a quem de direito, tudo, sem deixar escapar uma unica virgula, levaram as mãos á cabeça, choraram compulsivamente e pensaram " e nós não a ajudamos"...
Depois querem que eu bata bem da cabeça!!
Sei que me vou erguer deste meu estado, acabo sempre por me levantar sozinha mesmo, estou acostumada, sou mulher e para além disso SOU FORTE!!!

Ps: thank u death man, nao prestas, mas pelo menos sabes-me ouvir quando é preciso...

 

publicado por the biggest dreamer às 02:23

mais sobre mim
Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
16
17

20
21
23
24

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO